Cooperativismo parte 2

Cooperativas apoiam e auxiliam a cadeia produtiva de pequenos e médios produtores. Viabilizam atividades de comercialização, armazenamento, processamento, beneficiamento, auxílio técnico, aquisição de insumos, e vão além do setor agropecuário. O cooperativismo é uma tecnologia social que estimula o desenvolvimento econômico e bem estar social, com foco nas necessidades e objetivos de um grupo de pessoas unidas. Já entende e participa de alguma cooperativa? Não? Então clica aqui!

  


Quem trabalha ou é envolvido com o setor agropecuário sabe o esforço e o tempo que leva. Que a agropecuária mostra resultados ao longo do tempo. Pode ser a curto prazo, mas ainda é tempo e também é esforço. 


Os desafios são grandes. Contribuindo e cooperando, pequenos e médios negócios rurais e urbanos criam um diferencial competitivo que gera estabilidade e crescimento.


Trabalhando em conjunto e facilitando diversas atividades, as cooperativas viabilizam o empreendimento do associado de diversas formas, independente do tamanho e sistema de produção.


O cooperativismo é um movimento organizado de pessoas, tornando-se uma força econômica que extende seus benefícios para a base da pirâmide econômica, as pessoas, promovendo inclusão financeira para quem necessita, e cria oportunidades para o desenvolvimento social, econômico e ambiental.


A participação de setores populares criando uma economia saudável é acelerada quando promovida por Cooperativas, que diferem de outras formas de empresas porque operam mais pelo benefício de seus membros, ao invés de lucros e ganhos para investidores.


Muitos serviços, como a assistência técnica e extensão rural, comunicação e informação, fornecimento e compra de insumos, logística e comercialização de produtos, são de difícil acesso para um único produtor, contudo, para uma Cooperativa estes serviços são de fácil acesso. 


Os benefícios do cooperativismo impactam diretamente o cooperado (produtor associado) e o cooperado trabalha (associado) junto com a Cooperativa.


Empresas cooperativas podem ser pequenas como um clube de compras comunitário ou grandes como as empresas da lista Forbes (as mais ricas do mundo).


Existem diversas modalidades de "Empreendimentos Coletivos" que são formalizados institucionalmente, como: Associação, Cooperativa, Cooperativa de Crédito Central de Negócio, Consórcios de Empresas, OSCIP, Sociedade de Garantia de Crédito, Sociedades de Propósito Específicas, Sociedade de Garantia de Crédito (SGC), Cultura da Cooperação, Rede de Empresas.


As pessoas geralmente associam-se a empresas cooperativas para desfrutar de benefícios em compras coletivas, riscos em grupo, e empoderamento de possuir e controlar a companhia.


Cooperativas são organizadas para fornecer competição, melhorar o poder de barganha, reduzir custos, expandir novas e já existentes oportunidades de mercado, melhorar produtos ou qualidade de serviços, obter produtos e serviços indisponíveis (produtos ou serviços que empresas focadas em lucro não oferecem pois pensam não serem lucrativos).


Como é a Propriedade e Controle de Cooperativas (Co-op)


A propriedade de uma cooperativa é baseada na contribuição igualitária ou a quantidade de produtos ou serviços que o membro adquire. Esta é a principal característica que distingue cooperativas de outras formas de estruturas organizacionais.


Quem atualmente utilizada os produtos ou serviços, ou utilizaram no passado, são proprietários e possuem acesso aos produtos e serviços da cooperativa.


O controle na cooperativa é baseado em votos igualitários para cada membro, onde cada um possui somente um voto. Espera-se que todos os membros participem e compartilhem a responsabilidade de dirigir a organização.



Casos de sucesso em SC


COOPERJA: sua fundação foi em 1969 com objetivo de adquirir insumos, armazenagem e comercialização de produtos agrícolas. Hoje possui 1617 associados e atua em diversos setos. Os produtos comercializados atualmente são o arroz, mandioca, melado, polpa de frutas, verduras e hortaliças.


AGRECO: fundada em 1996 em Santa Rosa de Lima, se divide em 20 agroindústrias localizadas em 8 municípios e conta com 140 associados, produzindo molhos de tomate, geléias, conservas, frango, legumes congelados, banana passa, etc. todos produtos orgânicos.


COOTRAF: fundada em 2006 em Pinhalzinho, conta com 370 sócios que produzem carne suína, queijo e salame.


Vantagens de uma Cooperativa


1. Status Igualitário: a forma de gestão é democrática, onde todas as necessidades dos membros podem ser alcançadas sem que o processo de decisão seja dominado por uma única pessoa. Esse tipo de estrutura torna a organização mais estável. Membros podem irem e virem sem causarem sério prejuízos ao empreendimento.


2. Reduzido Risco de Dívidas: a responsabilidade dos membros é limitada à extensão de seu investimento na cooperativa.


3. Benefícios Econômicos: cada cooperativa possui seu próprio leque de vantagens econômicas. O tipo de cooperativa vai definir os benefícios fornecidos aos membros. E os que trabalham na cooperativa poderão estar aptos a receberem descontos em produtos e serviços.


4. Maior Controle: todos os membros e investidores devem ser ativos na organização para que a carga de trabalho possa ser dividida igualmente e essa carga de trabalho define a propriedade e controle pelo membro.


5. Vantagem Fiscal e Assistência Estatal: o governo oferece empréstimos, subsídios e assistência financeira a sociedades cooperativas. E sociedades cooperativas estão isentas de imposto de renda até certo limite.


6. Benefícios Sociais: a filosofia básica de cooperativas é o auxílio mútuo, promovendo a tolerância, cooperação e auto ajuda.


Iniciando ou Associando-se a uma Cooperativa


Entenda o quadro maior para manter o processo de desenvolvimento funcionando sem problemas.


1. Forme um comitê de decisão


2. Desenvolva um estudo de viabilidade


3. Contrato Social e Estatuto


4. Crie um plano de negócio e recrute mais membros


5. Financiamento seguro


6. Faça o lançamento


Cooperativas são modelos flexíveis de empreendimentos, arranjado pelos empregados, consumidores, residentes locais e organizadores. Existem diversos modelos de cooperativismo, então explore suas opçõe para compreender a mais adequado para a necessidade do seu grupo.


Dessa forma que a ManejeBem atua, fornecendo informações para a tomada de decisão, coletando e analisando dados e principalmente, conversando e desenvolvendo estratégias com o produtor.


Quando se fala em agricultura, logo se pensa nos grandes produtores. Aqueles que exportam e que tem disponível toda e qualquer solução agro. Mas, a verdade é que a grande maioria são de pequeno porte  e se organizam em unidades familiares. Acreditem, são eles que alimentam o mundo! Mas, mesmo com toda a sua importância na cadeia de abastecimento de alimentos, os agricultores sofrem a falta de tecnologia no campo. 


Pensando na melhoria da produção destes agricultores, a ManejeBem desenvolveu uma tecnologia, em forma de aplicativo, que visa facilitar a assistência técnica no campo.


A solução, ofertada para cooperativas, agroindústrias e empresas de assistência técnica agrícola visa à melhoria do trabalho de agrônomos e o desenvolvimento sustentável de comunidades rurais. 


Além de tornar as operações no campo ainda mais eficiente, mais sustentável e muito mais precisa, o agrônomo terá nas mãos informações valiosas para otimizar todas as etapas produtivas da propriedade. Com a tecnologia, fica muito mais fácil de identificar oportunidades e melhorias no campo. Quais os problemas? Quais as soluções? Que tipo de sistema de irrigação utilizar? Como efetuar a adubação? Como melhorar a gestão da propriedade? O agricultor está pronto para acessar créditos rurais? 


Com a ferramenta, que ajuda a responder estas perguntas, fica muito mais fácil de manter o agricultor produtivo e qualificado para os mercados existentes. Aumentando seus lucros! 


Como fazemos isso? Através do ManejeChat. Tecnologia que possui um chat direto com o agricultor e um sistema para registro e armazenamento dos atendimentos. Com esta ferramenta, conseguimos aumentar em 300% a capacidade do trabalho de técnicos no campo e elevamos o número de agricultores conectados com uma assistência agrícola diária e de qualidade.  


Quer conhecer um pouco mais esta ferramenta? Entre em contato conosco!  


 


Fontes:


https://www.manejebem.com.br/publicacao/novidades/a-excelencia-no-cooperativismo-passa-pela-assistencia-tecnica


https://manejebem.com.br/publicacao/novidades/casos-de-sucesso-no-cooperativismo-agricola-familiar-de-santa-catarina


https://www.manejebem.com.br/publicacao/novidades/cooperativismo


https://m.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/bis/cooperativa-o-que-e-para-que-serve-como-funciona,7e519bda15617410VgnVCM2000003c74010aRCRD


https://thecreativeindependent.com/guides/how-to-start-a-cooperative/


https://theecologist.org/2012/apr/20/how-start-co-operative-five-steps

* Clique na foto para ver a imagem ampliada

Cadastrar/Editar Manejo/Produto

* palavras chaves separadas por vírgula. máx. 5