Fitocon- Gisele

Plantão

agronômico

gratuito

Clique aqui

Principais doenças e pragas do cultivo da mandioca e formas de controle

Confira como controlar as principais pragas e doenças do cultivo da mandioca

 


As principais doenças e pragas que ocorrem no cultivo da mandioca 


 


Doenças :


 


A principal doença da mandioca é a bacteriose que é causada por Xanthomonas  campestris pv. Manihotis e ocorre principalmente no Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. Quando não utiliza-se as variedades recomendadas para a região do plantio e há condições climáticas favoráveis para seu surgimento as perdas de produção podem ser totais.


confira aqui quais são essas condições climáticas que ocasionam essa doença e quais as formas de controlar ela.



A podridão radicular é causada principalmente pelos fungos Phytophthora sp. e Fusarium sp. e ocorre mais na Região Nordeste, cujas perdas de produtividade de raízes estão em torno de 30%.


Para conhecer os sintomas desta doença clique aqui


As medidas de controle envolvem práticas culturais como rotação de culturas, manejo físico e químico do solo, sistemas de cultivo associadas ao uso de variedades tolerantes. 


A antracnose é causada pelo fungo Colletotrichum gloeosporioides que ocorre nas principais regiões produtoras de mandioca em todo o mundo. Essa doença pode afetar as plantas em qualquer fase do seu desenvolvimento, e os danos causados podem levar até a morte da planta. Essa doença causa morte dos ponteiros das hastes e as folhas atacadas apresentam no início manchas pardas.


clique aqui e confira um produto biológico que pode ser utilizado em seu controle.


 


 


Pragas:
 


Os ácaros mais importantes para a cultura da mandioca no Brasil são o ácaro verde (conhecido como “tanajoá”) e o ácaro rajado. Podendo causar danos consideráveis, principalmente nas Regiões Nordeste e Centro-Oeste.


Para conhecê-los e saber como controlar eles clique aqui



 


O mandarová  Erinnyis ello, é considerado uma das pragas mais importantes da cultura, pela ampla distribuição geográfica e alta capacidade de consumo foliar pode reduzir o rendimento e pode até ocasionar a morte de plantas jovens.


Clique aqui para conhecer um produto biológico utilizado para controlar ele.


deve-se fazer inspeções periódicas principalmente nos primeiros meses do plantio e o controle deve ser feito quando forem encontradas de cinco a sete lagartas pequenas por planta, plantas invasoras podem servir como hospedeiras da praga. 



 


A mosca do broto é causado por Neosilba perezi . As plantas mais jovens são mais suscetíveis, sendo que após vários ataques pode ocorrer nanismo da planta.


clique aqui para conhecer essa praga e as medidas preventivas para evitá-la na sua lavoura.


A formigas cortadeiras  podem desfolhar rapidamente as plantas quando ocorrem em altas populações ou se não forem controladas e é nos primeiros cinco meses que tem que ter mais cuidado com o ataque delas. Elas fazem um corte semicircular na folha. 


 O ataque ocorre geralmente durante os primeiros meses de crescimento da cultura e seus efeitos provocam perdas de até 22% sobre o rendimento.


Clique aqui para verificar uma forma de controle


 


Fonte


https://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br/FontesHTML/Mandioca/mandioca_cerrados/pragas.htm#Item02 


Fonte : https://www.agrolink.com.br/culturas/problema/acaro-vermelho_3207.html 


https://www.flickr.com/groups/espetacularesfantasticas/


https://www.agrolink.com.br/problemas/antracnose_1510.html

* Clique na foto para ver a imagem ampliada

Cadastrar/Editar Manejo/Produto

* palavras chaves separadas por vírgula. máx. 5