Plantão

agronômico

gratuito

Clique aqui

Moko da Bananeira - Dicas de controle

No interior da planta pode-se observar o escurecimento e é possível visualizar a formação de um pus bacteriano. Já os sintomas em frutos aparecem na forma de podridão seca. A doença é causada por bactéria ( Ralstonia solanacearum)

Algumas medidas são importantes no controle:


 


FASE DE PREPARO PARA O PLANTIO


- Implementação de práticas culturais adequadas;


- Manutenção de boas condições de drenagem;


 


FASE DE PLANTIO 


- Manter a densidade populacional adequada;


- Plantio de mudas comprovadamente sadias e livres de vírus, preferência mudas produzidas em laboratório certificados;


 


FASE DE CRESCIMENTO DA PLANTA


- O principal controle do moko é a identificação precoce da doença e a rápida erradicação das plantas infectadas; 


- Fazer inspeção semanal no bananal;


- Desinfestação das ferramentas usadas nas operações de desbaste, corte de pseudocaule e colheita com imersão desse material em solução de formaldeído 1:3 ou água sanitária 1:2, após seu uso em cada planta;


- Eliminação do coração assim que as pencas tiverem emergido, cortando ou quebrando a parte da ráquis com a mão;


- Fazer a roçagem do mato em substituição às capinas manuais ou mecânicas;


- O ensacamento precoce dos cachos evita o contato com insetos vetores.


 


Fonte: www.manejebem.com.br


Foto: http://www.epagri.sc.gov.br/?page_id=1349 - Epagri - Zimmermann de Negreiros et al.

* Clique na foto para ver a imagem ampliada

Cadastrar/Editar Manejo/Produto

* palavras chaves separadas por vírgula. máx. 5